Decoração de Interiores com Forro de Gesso

Aliado na arquitetura de interiores o gesso esta  presente em forros, paredes, acabamentos e onde mais a criatividade permitir.

rocher-drywall-forro-mineral (5)Com função estética e técnica, o forro de gesso permite, entre outras coisas, embutir tubulações, fiações, e criar sistemas luminotécnicos.

A decoração  deve estar ciente de todos os posicionamentos das luminárias, para que as barras de sustentação do gesso possam ser posicionadas de modo que não atrapalhe os embutidas.

A iluminação indireta é permitida com a sanca invertida ou sanca em J, que pode ser feita com diferentes tipos de lâmpadas, inclusive LEDs, ou intercalar essas lâmpadas.

rocher-drywall-forro-mineral (2)Existem vários tipos de sanca e rasgos, usando a criatividade eles podem ser feitos no teto, nas paredes, em nichos e próximos ao chão.

O drywall e a placa de gesso são tipos de gesso. O gesseiro é quem vai indicar qual a melhor opção de material a ser utilizado. A placa de gesso é bem mais em conta do que o drywall, mas dá muito mais trabalho e pode levar mais tempo para instalar, logo todo o contexto do projeto deve ser analisado antes da decisão, indiferente se vai ser instalado no teto ou na parede. A Rocher Drywall te auxilia na melhor opção para seu projeto. Consulte-nos!

A Rocher Santa Sanca dá a consultoria do projeto de gesso de acordo com o perfil do cliente.

rocher-drywall-forro-mineral (4)

rocher-drywall-forro-mineral (3)

 

 

 

Gesso: um Material Ecológico

gesso-material-ecologico-instalacao-em-bhO gesso é um material ecológico em todas as suas fases de aproveitamento, desde a mineração da gipsita, sua matéria-prima, até a aplicação final dos sistemas de construção a seco baseados em chapas de gesso. Nestes, em particular, tem a capacidade de tornar os ambientes em que é utilizado mais agradáveis e confortáveis, em razão de suas propriedades físicas e biológicas:

•atua como regulador do clima, mantendo o grau de umidade do ambiente em equilíbrio;
•é um isolante térmico e acústico natural;
•não é inflamável, proporcionando proteção contra o fogo;
•é inodoro, livre de gases tóxicos;
•não é agressivo à pele, daí ser aprovado para uso biológico;
•tem baixa densidade e alta consistência;
•é eletricamente neutro;
•não forma fibras nem poeira;

O minério de gesso (gipsita), formando entre 100 e 200 milhões de anos atrás, ocorre em grande parte da superfície terrestre.

Sua extração, diversamente da de outras matérias-primas, não gera resíduos tóxicos e requer pouca interferência na superfície, em geral de duração relativamente curta.

Na Europa, onde a densidade populacional mais elevada requer um cuidado especial com a preservação dos solos aráveis ou por reservas florestais, os especialistas em meio ambiente das empresas de mineração têm tido pleno êxito na recuperação do equilíbrio das áreas mineradas, dando-lhes condições de reconstituição da flora e da fauna ou de reaproveitamento agrícola.

Da mesma forma, as fábricas de chapas de gesso e outros derivados da gipsita são instalações limpas, que somente liberam na atmosfera vapor d’água.

Parede Drywall

A parede drywall é constituída por uma estrutura de perfis de aço galvanizado na qual são parafusadas, em ambos os lados, chapas de gesso para drywall.

divisoria-de-drywall-em-bhA forma de montagem e os componentes utilizados permitem que a parede seja configurada para atender a diferentes níveis de desempenho, de acordo com as exigências ou necessidades de cada ambiente em termos mecânicos, acústicos, térmicos e de comportamento frente ao fogo.

Para isso, deve-se especificar:
a espessura dos perfis estruturais (48, 70 ou 90 mm);
o espaçamento entre os perfis verticais ou montantes (400 ou 600 mm, em paredes retas; em paredes curvas, o espaçamento é menor, variando em função do raio de curvatura);
se a estrutura é com montantes simples ou duplos e se estes são ligados ou separados;
o tipo de chapa (Standard = ST; Resistente à Umidade = RU; ou Resistente ao Fogo = RF),
a quantidade de chapas fixadas de cada lado (uma, duas ou três); e
o uso ou não de lã mineral ou de vidro no interior da parede.
Para a correta especificação, consultar a Tabela de Desempenho das Paredes Drywall.

Em caso de dúvida, clique aqui 

Revestimento de Paredes

O revestimento de paredes em drywall pode ser estruturado ou colado.

revestimento-de-parede-drywall

O revestimento colado é o mais simples e destinado, em geral, ao acabamento interno de paredes externas de alvenaria ou concreto, desde que estas não apresentem grandes variações superficiais.
É executado por meio da fixação direta de chapas para drywall sobre a parede por meio de argamassas colantes à base de gesso.

O revestimento estruturado é recomendado para casos em que se deseje desempenho diferenciado ou haja necessidade de colocação de instalações elétricas, hidráulicas ou de telecomunicações no seu interior. É composto por uma estrutura de perfis de aço galvanizado (fixada à parede ou separada desta) na qual são parafusadas as chapas para drywall. A forma de montagem e os componentes utilizados permitem que o revestimento seja configurado para atender a diferentes níveis de desempenho, de acordo com as exigências ou necessidades de cada ambiente em termos mecânicos, acústicos, térmicos e de comportamento frente ao fogo. Os revestimentos ainda podem ser curvos, sinuosos, com recortes para instalação de elementos de iluminação ou outros detalhes arquitetônicos, proporcionando ampla liberdade de criação a quem projeta.

Tipos de aplicação

Revestimento interno a uma parede de fachada
Pode ser colado ou estruturado. No caso de fachadas com elementos pré-moldados, usar revestimento estruturado em interligação com os elementos da fachada.

Revestimento de paredes internas de alvenaria ou elementos estruturais Pode ser colado ou estruturado. No caso de colagem sobre superfície com pouca aderência, aplicar antes chapisco rolado.

Revestimento de instalações (shaft) Usar somente revestimento estruturado. Verificar nas Tabelas de Desempenho de Revestimentos.

Revestimento no alinhamento de pilares, vigas ou alvenarias
Executar revestimento colado sobre o elemento estrutural ou executar revestimento estruturado com desnível de no mínimo 25 mm, deixando o elemento estrutural aparente.

Em caso de dúvida na especificação do revestimento, clique aqui para enviar sua consulta à Comissão Técnica da Associação Drywall.

Vantagens do Drywall

São muitas as vantagens do drywall – use sempre os serviços de um profissional especializado para obter os melhores resultados.

Gesso-Drywall-instalacao-em-belo-horizonteRapidez e limpeza na montagem – Uma parede, um forro ou um revestimento em drywall é executado com muita rapidez e gera muito pouco entulho. Por exemplo, a montagem de uma parede divisória para a criação de um novo ambiente em uma casa ou apartamento demora apenas 24 a 48 horas. Nesse prazo, a parede estará pronta, com porta, tomadas e interruptores instalados, pronta para receber a pintura final.

Reformas fáceis – Em razão da rapidez e da limpeza na montagem dos sistemas drywall, reformar um imóvel ficou muito mais simples. E os sistemas drywall permitem soluções criativas, como uso de curvas, recortes para iluminação embutida e muito mais.

Manutenção e reparos – A mesma vantagem de rapidez e limpeza está presente na hora de se consertar um vazamento de água, por exemplo. Nesse caso, basta fazer com um serrote de ponta um pequeno recorte na chapa da parede, suficiente para permitir o conserto do encanamento, e depois fechar a parede com o mesmo pedaço de chapa. Um profissional especializado executa esse tipo de serviço em apenas um dia, sem o tradicional quebra-quebra das paredes comuns de tijolos ou blocos.

Precisão e qualidade de acabamento – Os sistemas drywall são precisos nas suas medidas e proporcionam uma qualidade de acabamento superficial única, perfeitamente lisa. Além disso, os sistemas drywall aceitam qualquer tipo de acabamento: pintura, textura, azulejos, pastilhas, mármore, granito, papel de parede, lambris de madeira, etc.

Isolamento de ruídos – Os sistemas drywall isolam melhor os sons e contribuem para tornar os ambientes mais confortáveis no que se refere à transmissão de ruídos.

Ganho de área útil – Como as paredes drywall são mais estreitas do que as de blocos ou tijolos, há um ganho na área útil. Esse ganho é de 5% aproximadamente. Por exemplo: em um apartamento de 100 m2, o ganho será de 5 m2, equivalente a 10 metros frontais de armários embutidos.